Elza Fiúza/Agência Brasil
Elza Fiúza/Agência Brasil

Servidores em greve bloqueiam Ministério do Planejamento

Ação dá sequência a série de manifestações da categoria por reajuste salarial

Rosana de Cássia, da Agência Estado

19 de julho de 2012 | 11h19

BRASÍLIA - Servidores federais em greve estão concentrados em frente ao Ministério do Planejamento, bloqueando as principais entradas do prédio, para impedir o acesso dos funcionários. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior não vai ao Ministério agora pela manhã, porque tem agenda no Palácio do Planalto. Ao contrário do que ocorreu ontem, não há até o momento confronto entre grevistas e policiais militares.

 

O manifesto desta quinta busca reforçar as reivindicações das diferentes categorias em greve. A Polícia Militar está no local. O protesto continua até essa sexta-feira, 20, caso os servidores não sejam recebidos por algum representante do ministério. Segundo, o diretor do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), Josevaldo Cunha, a ideia é buscar um canal de diálogo com algum dirigente do ministério para agendar uma audiência.

 

Nessa quarta-feira, 18, os policiais chegaram a usar gás de pimenta para dispersar os manifestantes e dois deles foram presos.

 

Apesar da pressão, a presidente Dilma Rousseff, segundo assessores, não pretende ceder e conceder aumentos indiscriminados para o servidor público, para não aumentar os gastos do governo.

Com informações da Agência Brasil

Tudo o que sabemos sobre:
greve servidores federais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.