Servidores do Judiciário entram em greve em SP

Cerca de cinco mil funcionários públicos federais do Poder Judiciário que trabalham na cidade de São Paulo entraram em greve nesta quinta-feira. Eles reivindicam aumento salarial e a aprovação do plano de carreira para a categoria, cujo projeto está tramitando no Congresso Nacional. Com a paralisação, processos e serviços administrativos da Justiça Federal poderão ser adiados e os julgamentos vão depender dos juízes.Os servidores da Justiça do Trabalho na capital fazem paralisação de 24 horas. No interior do Estado, onde há pelo menos seis mil trabalhadores, a greve teve início na última segunda-feira. Segundo o diretor do sindicato dos funcionários, Cláudio Klein, o índice de adesão ao movimento ja atinge 80% em várias cidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.