Servidores do Judiciário em MG prometem parar na 2ª

Servidores da Justiça Federal em Minas Gerais, além de funcionários da Justiça Eleitoral e da Trabalhista mineiras, vão promover uma paralisação de 24 horas na segunda-feira. No mesmo dia está planejada uma manifestação e uma assembleia geral da categoria em frente ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG), na qual os servidores decidirão se entram ou não em greve por tempo indeterminado.

MARCELO PORTELA, Agência Estado

19 de novembro de 2010 | 17h43

No Estado, há cerca de oito mil servidores da Justiça Federal. Na quarta-feira, a categoria já promoveu uma paralisação de 24 horas. Conforme a assessoria do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal em Minas Gerais (Sitraemg), apesar de alguns setores terem sido totalmente paralisados, serviços essenciais à população foram mantidos. O mesmo deve ocorrer na segunda-feira.

Além disso, a direção do Sitraemg pretende fazer um ato no próximo dia 29 em frente ao prédio da Justiça do Trabalho em Juiz de Fora, na zona da mata mineira. É no município que funciona a Justiça Militar da União no Estado. Os servidores do órgão, ligado à Justiça Federal, também devem aderir à paralisação.

Tudo o que sabemos sobre:
JudiciárioservidoresgrevesegundaMG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.