Servidores da Justiça de Fortaleza param por salários

Os servidores do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) se manifestaram, na manhã desta quarta-feira, 26, pedindo a efetivação dos direitos deles. Primeiro aconteceu uma paralisação no Fórum do TJCE, seguida de concentração ao Palácio da Justiça, no Cambeba, em Fortaleza, onde houve uma assembleia, no final da manhã. Cerca de 100 servidores, de forma pacífica, reivindicaram que o Poder Judiciário efetive as conquistas da categoria como melhorias salariais e melhores condições de trabalho.

LAURIBERTO BRAGA, Agência Estado

26 Junho 2013 | 13h01

Realizada pela Sindicato dos Servidores da Justiça no Ceará, o movimento pede isonomia salarial, pagamento de ascensões funcionais, de plantões judiciais e a reforma das tabelas do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações.

Outra manifestação de servidores aconteceu, na manhã desta quarta-feira, em Fortaleza. Puxada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde, o ato aconteceu no Palácio da Abolição (sede do Governo do Estado). Foram 50 manifestantes que pediram piso salarial para os enfermeiros, jornada semanal de 30 horas, mais recursos para a Saúde e comemoraram os 25% dos royalties do petróleo para a Saúde, aprovados ontem na Câmara dos Deputados. A Polícia acompanhou a manifestação que não registrou nenhum confronto.

Mais conteúdo sobre:
Greve servidores Justiça JCE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.