Servidor é afastado por suspeita de fraude no RS

Um funcionário de carreira da Prefeitura de Porto Alegre foi afastado de suas funções gratificadas por suspeita de falsificação de licença ambiental de uma obra que seria executada por empresa da família dele.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

27 de dezembro de 2012 | 19h37

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (27) como resultado preliminar do trabalho de uma comissão de inspeção montada em novembro para investigar se há alguma irregularidade e como os processos de licenciamento municipal podem ser aperfeiçoados. O grupo segue trabalhando para saber se há mais casos semelhantes na administração da capital gaúcha.

Tudo o que sabemos sobre:
fraudePorto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.