Sertanista Apoena Meirelles é enterrado no Rio

O corpo do sertanista Apoena Meirelles foi enterrado às 11h10 no cemitério do São Francisco Xavier, no Caju, depois de uma hora de atraso. A demora foi causada pelos diversos depoimentos de amigos e familiares, que compareceram ao enterro. Emocionado, o presidente da Funai, Mércio Pereira Gomes, prometeu continuar a luta do sertanista, que estava trabalhando pela regulamentação do garimpo em terras indígenas. O caixão estava coberto por bandeiras da Funai, do Flamengo e um cocar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.