Serraglio exime Lula de responsabilidade pelo mensalão

No relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), dedica pouco mais de duas páginas do documento final ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na parte que se refere ao mensalão. No trecho intitulado "a ciência do presidente Lula" o relator o exime de responsabilidade e afirma que não há qualquer fato que evidencie omissão. "Não inside responsabilidade objetiva do chefe maior da nação, simplesmente por ocupar a cúspide da estrutura do Poder Executivo, o que significaria ser responsabilizado independentemente de ciência ou não", afirma o relatório. Serraglio destaca o trecho do depoimento do então deputado, Roberto Jefferson, em que afirma que levou o problema ao presidente, que demonstrou desconhecer a ocorrência do fato. O relator cita também o segundo encontro de Jefferson com Lula no qual, mais uma vez, teria tentado alertar o presidente do que estava ocorrendo. Serraglio reescreve o depoimento do deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que afirmou que, quando foi alertado, o presidente pediu a ele, então ministro da Articulação Política e ao líder do PT na Câmara, Arlindo Chinaglia, que investigassem a denúncia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.