Serraglio confirma que pediu indiciamento de Daniel Dantas

O relator da CPI Mista dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), confirmou nesta segunda-feira que, no seu relatório final sobre as investigações do chamado esquema do mensalão e do valerioduto, incluiu um pedido para que o Ministério Público Federal (MPF) indicie o banqueiro Daniel Dantas (Opportunity) e da ex-presidente da Brasil Telecom Carla Cicco. Serraglio está entregando seu relatório ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).O relator informou que pediu o indiciamento de Dantas e Cicco por suposta prática de crimes de sonegação fiscal, tráfico de influência e corrupção. No dia 4 de abril, quando Serraglio fez a leitura de seu texto, o PT divulgou um relatório paralelo para contestá-lo recomendando que o Ministério público indicie vários acusados integrantes do chamado "Grupo Opportunity": Daniel Dantas, Humberto José Rocha Braz, Carla Cicco, Carlos Bernardo Torres Rodenburg (sócio de Daniel Dantas), Antonio José Dos Santos (presidente da Telemig Celular) e do jornalista Leonardo Attuch.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.