Serraglio anuncia que pedirá indiciamento de Dirceu e Gushiken

O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-SP), disse nesta sexta-feira que vai pedir o indiciamento de cerca de 100 pessoas em seu relatório final e que, entre elas, deverão estar o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu e o ex-ministro de Comunicação Luiz Gushiken. Quanto a Dirceu, segundo Serraglio, o indiciamento será por tráfico de influência e corrupção ativa, mas quanto a Gushiken ele não especificou as razões do indiciamento. "Solicitamos o auxílio de dois delegados da Polícia Federal para analisar direitinho em que crimes cada um será indiciado", disse o relator.Ele informou, também, que está trabalhando para apresentar seu relatório final na semana que vem, mas fontes da CPI apostam que o trabalho só ficará pronto até o dia 29.Integrantes da cúpula da CPI informaram que, na relação dos indiciados do relatório de Serraglio deverão constar, também, ex-dirigentes do PT - como o ex-presidente do partido José Genoino, o ex-tesoureiro Delúbio Soares e o ex-secretário-geral Sílvio Pereira -, os publicitários Marcos Valério Fernandes de Souza e Duda Mendonça, ex-dirigentes de fundos de pensão e donos de corretoras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.