Serra tem recepção fria em Belo Horizonte

O ministro da Saúde, José Serra, teve uma recepção frustrante na capital mineira, se comparada à recebida na semana passada pelo outro pré-candidato do PSDB à sucessão presidencial, o governador do Ceará, Tasso Jereissati.Serra chegou a Minas na manhã desta quinta e inaugurou um hospital em Uberaba, no Triângulo Mineiro. No final da tarde, acompanhado apenas pelo presidente do diretório estadual do PSDB, deputado federal Danilo de Castro, Serra inaugurou outro hospital na periferia de Belo Horizonte.Além de Castro, apenas outra liderança de peso do partido recepcionou Serra: o ex-governador Eduardo Azeredo. Neste momento, o ministro faz palestra a empresários mineiros, enaltecendo as características do Estado, como "futuro eixo dinâmico do País"."Minas Gerais possui um peso importante no crescimento da economia brasileira, com tendência a se transformar em um Estado líder no futuro", discursou.Serra enumerou diversas conquistas do Governo Fernando Henrique Cardoso nos últimos anos e não fez nenhuma crítica às políticas que vêm sendo adotadas pelo governo federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.