Serra tem dever de fiscalizar o governo Lula, diz Alckmin

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse hoje que o presidente nacional de seu partido (PSDB), o ex-senador José Serra, "tem o dever, como oposição, de fiscalizar o governo federal, de apontar os problemas e chamar atenção para questões essenciais". A afirmação foi feita ao ser questionado se concordava com Serra de que o governo Lula "ficou se lambuzando com o poder e deixou de fazer políticas que aproveitassem a conjuntura". Na avaliação de Alckmin, a oposição tem o papel de apontar eventuais erros. "Esse é um dever. Democracia é assim mesmo", disse ele, acrescentando que "o Brasil tem oposição de primeiro mundo, ou seja, absolutamente responsável". Ao ser indagado se concordava com as declarações feitas ontem por Serra, Alckmin respondeu: "A minha tarefa como governador é de trabalhar para resolver os problemas e esse bate-boca não colabora".O governador disse ainda que Serra estava correto ao afirmar que o cenário internacional é favorável. "O que o presidente do PSDB disse é verdade. Vivemos em um cenário internacional com céu de brigadeiro e sem nenhuma crise a curto prazo", lembrou, reiterando a necessidade de união de esforços para resolver os problemas emergenciais do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.