Serra sobe e lidera em pesquisa para 2010; Dilma está em 3º

Segundo pesquisa CNT/Sensus, governador de SP tem 46,5%; Heloísa Helena (PSOL), 12,5%; e ministra, 10,4%

Leonardo Goy, da Agência Estado,

15 de dezembro de 2008 | 11h58

O governador de São Paulo, José Serra, sobe e lidera em todas as listas em que aparece com outros possíveis candidatos à sucessão presidencial em 2010, segundo pesquisa CNT/Sensus, divulgada nesta segunda-feira, 15. Apesar do alto índice de aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff (Casa Civil) - favorita para sucedê-lo - aparece em terceiro assim como outros candidatos próximos ao governo. Serra tem 46,5%; Heloísa Helena (PSOL), 12,5%; e Dilma, 10,4%. Chama a atenção que 30,6% declararam voto branco ou nulo ou não sabe/não responderam.   Veja também:  Gráfico e números da pesquisa CNT/Sensus  Aprovação a Lula sobe a 80,3% e bate novo recorde  83,5% têm conhecimento da crise, diz pesquisa CNT/Sensus   Segundo o levantamento, 15,6% dos entrevistados afirmaram que só votarão em 2010 em um candidato para presidência apoiado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Este é o percentual líquido de transferência do presidente Lula", disse o diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes. Em outubro de 2007, última vez que a pergunta foi feita, o porcentual era de 10,8%. A pesquisa revela ainda que 42,9% dos entrevistados julgam que o governo Lula atendeu às expectativas.   Além disso, para 35,6% essas expectativas foram superadas. Quando questionados sobre Dilma, possível candidata à sucessão, 50,4% dos entrevistados conhecem ou já ouviram falar dela. Deste porcentual, 30,1% avaliam que a ministra é uma pessoa capaz e 15,2% avaliam que, com o apoio de Lula, Dilma é a única candidata em que votariam. Outros 28,7% (dentre os que conhecem Dilma) disseram que poderiam votar nela.   Assim como Serra, o tucano Aécio Neves (governador de Minas) também venceria Dilma por um placar de 32,3% contra 20,2%. Se o candidato governista fosse o deputado Ciro Gomes (PSB-CE), Serra venceria com 52,7% contra 13,9% de Ciro e Aécio ganharia com 30,2% ante 23,7% do deputado. No confronto com Dilma, Serra tem 53,7% da preferência contra 14,5% da ministra.   Cenários   Em outro cenário, sem Serra, Aécio lidera com 25,3% (ante 22,4% em setembro). Heloísa Helena tem 19,1%, com ligeira queda em relação aos 21,2% de setembro. Já Dilma aparece com 12,9% (12,3% em setembro). Em uma terceira lista, com Serra e sem Dilma, o tucano Aécio lidera com 47,3%. Heloísa Helena tem 13,5% e Patrus Ananias, 6,8%.   Na quarta lista, com Ciro Gomes, Serra tem 44%; Heloísa Helena, 14,6%; e Ciro, 10,1%. Em um quinto cenário, novamente sem Serra, Aécio lidera com 24,3%, Heloísa Helena tem 19,2% e Ciro, 14,9%. Em uma sexta simulação, Serra aparece à frente com 45,8%; Heloísa Helena tem 13,7% e Marta Suplicy, 8,6%. Na última lista, Aécio lidera com 25,1%, Heloísa Helena tem 21,8% e Marta, 10,3%.   A CNT/Sensus também fez um levantamento espontâneo sobre as preferências do eleitorado. Na consulta sem um lista prévia, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que não pode mais se reeleger, lidera com 20,4%. Serra aparece em segundo lugar, com 10,6%.   A avaliação positiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva subiu a 80,3% em dezembro e bateu novo recorde, segundo pesquisa CNT/Sensus divulgada nesta segunda-feira, 15. Em setembro, a aprovação pessoal do presidente estava em 77,7%. A aprovação ao governo do presidente também atingiu porcentuais recordes e chegou a 71,1%, ante 68,8% em setembro.   A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 8 e 12 deste mês com 2.000 entrevistados em 136 municípios. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos porcentuais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.