Serra se nega a comentar plano de habitação de Lula

O governador do Estado de São Paulo, José Serra (PSDB), não quis fazer comentários a respeito do Plano Nacional de Habitação, lançado hoje pelo governo federal. O tucano disse desconhecer o programa do governo Lula, anunciado por sua potencial adversária nas eleições presidenciais de 2010, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Segundo o governo federal, Estados e municípios que quiserem contribuir com este plano devem assinar um termo de adesão com a Caixa Econômica Federal (CEF).

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

25 de março de 2009 | 16h43

Questionado se São Paulo iria aderir à iniciativa proposta pelo governo Lula, Serra respondeu: "Não sei. Não vi qual é o plano." Diante da insistência nesse questionamento, o governador foi enfático ao destacar que não iria comentar sobre algo que desconhecia: "Não vou comentar um plano sem ter lido. Vamos ver isso direito". O governador paulista participou de pelo menos uma reunião em Brasília com Dilma, com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e com governadores de outros Estados para tratar do Plano Nacional de Habitação. Porém, Serra disse que nesse encontro não lhe foi explicado detalhes do programa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.