Serra quer relação ´institucional positiva´ com Lula

O governador eleito de São Paulo, José Serra, disse que manterá uma relação "institucional positiva" com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Eu sempre devo representar os interesses do Estado de São Paulo nas questões nacionais, nas que têm relação direta com os interesses do Estado", disse Serra. "Vamos ter a melhor relação institucional possível com o governo federal", acrescentou. O PSDB, segundo ele, é um partido de oposição e "vai continuar na oposição". Ponderou, no entanto, que o partido não fará a oposição negativa do "quanto pior melhor". Essa é a história do PSDB e não será mudada daqui em diante. O governador disse ainda que não acredita que o presidente Lula queira incluir o PSDB no governo de coalizão. "Eles devem governar e nós fazermos oposição, que não será de forma negativa." Serra disse que o PSDB vai se posicionar, mas apenas no momento em que Lula apresentar as propostas concretas para o País. "Cabe ao governo tomar a iniciativa de fazer as propostas concretas", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.