Serra propõe criação de Ministério da Segurança Pública

O pré-candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, assegurou hoje que, se for eleito, irá criar o Ministério da Segurança Pública. Em entrevista ao programa "Brasil Urgente", apresentado por José Luiz Datena, o tucano cobrou do governo federal um envolvimento maior na área de segurança pública, com destaque ao combate ao crime organizado. "Drogas e armas são a base do crime organizado", justificou.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 19h53

De acordo com o tucano, o Ministério da Justiça "não foi feito diretamente" para combater o crime. "O ministro da Justiça tem outras funções. Coisas que são da Justiça devem ficar com a Justiça", explicou.

Segundo Serra, a luta contra o crime deve ser da responsabilidade de um novo ministério. "Repressão e enfrentamento do crime têm de ser feitos por um ministério especializado", defendeu, ressaltando que o governo federal necessita de um órgão que "reorganize todo o sistema de segurança do País".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.