Serra processa autor e editora de 'A Privataria Tucana'

Ex-governador pede indenização baseada em lucro das vendas do livro

estadão.com.br

23 de abril de 2012 | 16h23

O ex-governador de São Paulo, José Serra (PSDB), entrou com uma ação judicial contra o jornalista Amaury Ribeiro Jr. e a Geração Editorial, responsáveis pela publicação do livro A Privataria Tucana, que aponta supostos casos de desvios de recursos durante a presidência de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Serra, que foi ministro do Planejamento naquele período, se diz vítima de falsas acusações.

 

O advogado do tucano, Ricardo Penteado, pede para seu cliente uma indenização por dano moral calculada a partir do volume de vendas do livro. O objetivo é que Amaury e a editora sejam impedidos de lucrar com a obra. Penteado não quis comentar o processo. Amaury não foi encontrado para comentar a ação até a publicação desta nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.