Serra pede 'correções' na proposta da reforma tributária

Governador diz que é 'preciso corrigir, melhorar, para ter um projeto à altura do que o País precisa'

TATIANA FÁVARO, Agencia Estado

03 de dezembro de 2008 | 17h40

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), reiterou nesta quarta-feira, 3, as críticas ao projeto de  reforma tributária em tramitação na Câmara e disse que a atual proposta precisa ser corrigida e melhorada. "Falar a favor de reforma tributária é como falar a favor da eletricidade e da água encanada. Está todo mundo a favor, eu também", afirmou. "Se o projeto aumentar a carga tributária, criar problemas para a previdência, criar problemas para a saúde, criar confusão na repartição de recursos, aí não é um projeto bom. A gente tem que corrigir, melhorar, para ter um projeto à altura do que o País precisa. É o meu único ponto."     Veja Também: Veja os principais pontos da reforma tributária Leia a íntegra da proposta que tramita na Câmara  Serra esteve em Campinas, no interior paulista, para a entrega do trevo da Rodovia Anhangüera (SP-330) com a Rodovia D.Pedro I (SP-065), obra iniciada em 2006. O investimento de R$ 55,2 milhões permitiu a construção um quilômetro e meio de pista marginal e de cinco viadutos, além da recuperação de outros dois; a reformulação de seis alças de acesso existentes e construção de outras três; e a instalação de passagem de pedestre com proteção de barreira de concreto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.