Serra nega existência de epidemia de dengue

O ministro da Saúde, José Serra, afirmou hoje em São Paulo que o Brasil não vive uma epidemia nacional de dengue. Ele, no entanto, admitiu que, apesar de a situação estar sob controle, o registro de casos de dengue em todo o País é preocupante. "Não há aumento do número de casos de dengue no País. Há uma distribuição diferente da doença. Mas nada ainda, como dizem os técnicos, pode ser caracterizado como epidemia nacional", afirmou o ministro.Serra voltou a dizer que o número de casos de dengue em 2001 ainda é menor que no ano passado. "Nós estamos com calor e chuvas. Enquanto isso continuar vamos ter casos aqui e acolá", afirmou.O ministro esteve em São Paulo para assinatura de um convênio entre o governo federal e a prefeitura de São Paulo, no valor de R$ 2,8 milhões, para o programa DST/aids deste ano. O recurso é parte do acordo de empréstimo da União com o Banco Mundial para o controle da epidemia de aids. Segundo dados do Ministério da Saúde, a capital paulista tem hoje 100 mil dos 500 mil casos de portadores de HIV do País. Do valor total do convênio, R$ 2 milhões são repasses do Ministério da Saúde, o restante é a contrapartida do município.O coordenador do programa DST/Aids da prefeitura de São Paulo, Fábio Mesquita, disse que a prevenção será prioridade este ano. O município deverá empregar R$ 800 mil em programas de prevenção na cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.