Serra não irá à CPI dos Sanguessugas

O secretário da CPI Mista dos Sanguessugas, Augusto Panice, informou nesta segunda-feira que, dos quatro ex-ministros da Saúde convidados a falar na comissão sobre suposta atuação da máfia das ambulâncias superfaturadas no Ministério da Saúde, apenas José Serra, governador eleito de São Paulo pelo PSDB, não comparecerá. O depoimento de Serra estava marcado para terça, às 11 horas da manhã, mas ele está em Washington. Serra viajou para renegociar empréstimos para o metrô de São Paulo. A previsão é que o governador tucano retorne ao Brasil na semana que vem, dia 15.Segundo o secretário, os outros três ex-ministros convidados - Barjas Negri (PSDB), Humberto Costa (PT), e o deputado Saraiva Felipe (PMDB)-, confirmaram presença. O depoimento de Negri, atual prefeito de Piracicaba (SP), está marcado para terça, às 15 horas. Humberto Costa falará às 11 horas da manhã de quarta-feira. Saraiva Felipe também será ouvido nesta quarta-feira, às 15 horas. De acordo com informações levantadas até agora pela CPI, a máfia das ambulâncias superfaturadas teria começado a atuar no Ministério da Saúde em 2000. Este texto foi alterado às 19h50 com inclusão de informação

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.