Serra lembra origem humilde; Dilma ressalta governo Lula

No último bloco, dedicado às considerações finais, os presidenciáveis que participaram do debate da TV Bandeirantes exploraram as suas principais estratégias de campanha na disputa deste ano.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

06 de agosto de 2010 | 01h33

José Serra (PSDB) apostou na imagem de candidato de origem humilde e tentou desconstruir a aparência de homem sério. Lembrou que veio de uma família de pais "modestos" e que só chegou aonde chegou graças "ao trabalho muito duro de seu pai".

Dilma Rousseff (PT) fez questão de colar a sua trajetória política à de seu principal cabo eleitoral, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Considerou-se honrada por ter coordenado a equipe de governo enquanto foi ministra-chefe da Casa Civil. A candidata disse ter sido uma experiência única ter convivido com "a inteligência política e a generosidade de Lula".

Marina Silva (PV) tentou se mostrar como alternativa aos governos do PT e do PSDB. Já Plínio, do PSOL, reclamou de perguntas sobre a defesa que ele faz de dar calote na dívida externa do País. "Calote aqui quem fez foi o governo na dívida social", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010debateconsiderações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.