Serra ironiza Lula sobre aliança entre Jesus e Judas

Potencial candidato do PSDB à Presidência da República, o governador de São Paulo, José Serra, ironizou hoje a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que Jesus Cristo, na política brasileira, teria de se aliar a Judas para formar uma coalizão. Lula fez a declaração em entrevista publicada na edição de hoje do jornal "Folha de S.Paulo". Questionado se concordava que uma aliança entre Jesus e Judas seria necessária para 2010, Serra respondeu: "Não sei. Quem fala com Cristo pode perguntar a ele."

CAROLINA FREITAS, Agencia Estado

22 de outubro de 2009 | 18h21

Reticente desde que passou a ser alvo de críticas diretas de Lula e da possível candidata petista à Presidência, ministra Dilma Rousseff, Serra fez apenas breve comentário sobre a entrevista do presidente. "A entrevista mostra bem o que é o Lula. De ponta a ponta, na forma e no conteúdo."

Na entrevista, Lula afirma não ter relações de amizade com políticos acusados de corrupção e avaliou a permanência de José Sarney (PMDB-AP) na Presidência do Senado como "questão de segurança institucional".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.