Serra faz comício em Porto Alegre

O candidato da coligação PSDB-PMDB, senador José Serra (SP), e sua companheira de chapa, a deputada peemedebista Rita Camata (ES), sambaram na noite desta sexta-feira (30) em um comício na capital gaúcha, ao som da bateria da escola Imperadores do Samba. No comício, que terminou por volta das 23h30, Serra discursou atacando novamente o candidato da Frente Trabalhista, o ex-ministro Ciro Gomes. Sem citar o nome do adversário, Serra disse que há uma candidatura que "representa tudo aquilo que o Brasil tem de mais de atrasado, embrulhado para presente." Cerca de 4.000 pessoas, de acordo com os dirigentes da escola de samba, compareceram ao comício na avenida Padre Cacique, próximo ao estádio Beira Rio.Inicialmente, era uma festa do candidato a deputado federal Eliseu Padilha (PMDB), ex-ministro dos Transportes, mas quando ele soube que Serra compareceria, o encontro se transformou num grande comício com participação de diversos candidatos da coligação PSDB-PMDB no Rio Grande do Sul. A surpresa da noite foi um discurso do senador Pedro Simon (PMDB-RS), que antes da campanha ficara irritado por ter sido preterido na escolha do candidato a vice na chapa de Serra. Ontem, ele subiu ao palanque e elogiou Serra e Rita. Afirmou que o candidato da coligação é "o mais preparado". Ao elogiar Rita Camata, Simon fez uma referência indireta à mulher de Ciro Gomes, a atriz global Patrícia Pillar. "Não é por ser atriz da Globo, não, mas Rita, além de bonita, é uma grande deputada com forte atuação social. Ela não será uma primeira-dama, e sim uma vice-presidente encarregada de projetos na área social."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.