Serra fala em atuação integrada entre BC e governo

O pré-candidato tucano à Presidência da República, José Serra, defendeu hoje, em Goiânia (GO), a autonomia do Banco Central e uma atuação integrada com a política econômica do governo federal. "O Banco Central tem de ter autonomia para trabalhar", disse.

RUBENS SANTOS, Agência Estado

11 Maio 2010 | 19h12

"Mas tem de estar integrado com a política econômica do governo e com o presidente da República, que é quem indica seu presidente e diretores", reforçou.

O tucano também defendeu mais sinergia. "O Banco Central tem de estar voltado para a estabilidade de preços e o desenvolvimento. Por isso, é preciso ter entrosamento", disse.

Investimentos em infraestrutura, educação, saúde e segurança pública serão prioritários num governo tucano, prometeu Serra. "É preciso que o governo federal mergulhe nesta questão", defendeu. "Geralmente o governo diz que segurança é uma questão do Estado, mas contrabando de armas, contrabando de drogas é uma tarefa federal", justificou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.