Serra evita comentar sucessão presidencial

O ministro da Saúde, José Serra, preferiu não comentar hoje as articulações em torno da sucessão presidencial. "Eu não estou com a sucessão na cabeça. Estou é com os hospitais, com a dengue e com a questão dos medicamentos na cabeça. Só alguns políticos e alguns meios de comunicação é que estão ligados nela (sucessão). Eu respeito. Mas não entro nisso", disse. O ministro participou hoje da inauguração da nova unidade de Urologia do Hospital São Paulo. Também estiveram presentes ao evento o ministro do Planejamento, Martus Tavares, e o secretário estadual da Saúde, José da Silva Guedes. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, não participou do cerimônia devido a outros compromissos, segundo informou sua assessoria de imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.