Serra elogia Eduardo Jorge

O ministro da Saúde, José Serra, em seu discurso durante solenidade de transferência de recursos para a construção de hospitais municipais na zona oeste do Rio, elogiou o deputado do PT, Eduardo Jorge, secretário municipal de Saúde de São Paulo. "Se todos os petistas fossem iguais a ele, o Brasil seria diferente", disse. Ao fazer uma referência à crise argentina, Serra disse que a inépcia, mais do que um populismo de esquerda, foi a razão do caos econômico e emendou: "O risco do populismo esquerdista também existe no Brasil". O ministro falou sobre a importância da política de saúde pública e disse que a epidemia de dengue registrada em alguns Estados do País não tem nenhuma ligação com a demissão dos mata-mosquitos. Ele afirmou que todos os esforços estão sendo feitos para evitar a proliferação da doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.