Serra e César Maia se encontram amanhã no Rio

Apesar das declarações de César Maia (PFL) de que a governadora Roseana Sarney ganharia fácil de José Serra na disputa presidencial e a aposta de que o tucano vai desistir da candidatura em maio, o ministro da Saúde e o prefeito do Rio têm encontro marcado para a noite de amanhã. O anfitrião do jantar, deputado Ronaldo Cezar Coelho (PSDB-RJ), secretário municipal de Saúde, afirmou que a programação está mantida. Na sexta, Serra vai à periferia da cidade, assinar um convênio que transfere R$ 22 milhões para a construção de três maternidades na zona Oeste, uma delas de alta complexidade, com centros de prevenção e diagnóstico de câncer. "É um encontro do prefeito com o ministro da Saúde", resumiu o secretário, que evitou fazer comentários sobre a entrevista de Maia. Na madrugada de ontem, em plena pista do sambódromo, o prefeito pefelista disse que, se Serra chegasse ao segundo turno com Roseana, a governadora faria "barba, cabelo e bigode" na vitória sobre o tucano. Afirmou ainda que aposta na desistência de Serra em meados de maio, quando descobrir que "a candidatura é inviável".Questionado sobre o jantar com Serra, César Maia também disse que era um encontro do prefeito com o ministro, sem conotação política. O prefeito carioca disse que não pretendia fazer qualquer comentário sobre a candidatura de Serra, embora tenha afirmado que, em três meses, o tucano já terá visto que "não emplacou". Além do encontro com Serra, César Maia articula também uma reunião da governadora Roseana Sarney com o candidato do PPS a presidente, Ciro Gomes. A governadora havia programado uma viagem ao Rio para assistir, no próximo sábado, ao desfile das escolas de samba campeãs. Mas a Grande Rio, que homenageou o Maranhão, estará fora da apresentação, porque ficou em sétimo lugar. Com isso, a viagem de Roseana deve ser suspensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.