Serra é alvo de críticas de Maluf em São Paulo

No dia em que apresenta o Novo PAS no horário eleitoral gratuito, à noite, o candidato do PP à Prefeitura, Paulo Maluf, fez pesadas críticas ao ex-ministro da Saúde e candidato tucano, José Serra. "Não adianta o Serra focar prometendo aí o `Mãe não sei o que´. Ele nunca fez nada. A saúde está podre porque o Serra foi 4 anos ministro da Saúde e nunca fez nada pela saúde pública. O Brasil está crescendo como rabo de cavalo, para baixo, pela política financeira que ele introduziu de favorecer os banqueiros.?Maluf disse ainda que ?São Paulo vai precisar de um prefeito que não seja só asfaltador de rua, mas que tenha personalidade para combater esse tipo de coisa". O candidato visitou hoje pela manhã o comércio de Ermelino Matarazzo, na zona leste. Nas reiteradas críticas que fez ao sistema de Saúde na cidade, Maluf não citou a prefeita Marta Suplicy (PT) em nenhum momento.O Novo PAS, segundo ele, vai garantir o atendimento ao usuário paulistano na rede pública e também na rede hospitalar privada, na hipótese de falta de vagas nos hospitais municipais. O candidato também anunciou uma nova versão para o Projeto Cingapura, que prevê a reurbanização de favelas. Além de construir 40 mil novas unidades habitacionais segundo o modelo Cingapura, se eleito, o candidato promete incluir creches, escolas e áreas de lazer nos conjuntos habitacionais do programa.Maluf, que deveria agora à tarde prestar depoimento no Tribunal Regional Eleitoral sobre acusações contra Serra - de que o tucano estaria por trás das investigações do Ministério Público Estadual a respeito de supostas contas no exterior em nome do ex-prefeito - conseguiu adiar o depoimento para o dia 20 de outubro, após o primeiro turno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.