Serra e Alckmin vão definir quem será o candidato, diz Tasso

O presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), afirmou que um entendimento para definir o candidato do PSDB à Presidência da República está para ser concluído e será anunciado "antes do esperado", que é o dia 12 de março. Segundo o senador, a negociação para a definição do nome está sendo feita entre os dois pré-candidatos do PSDB - o prefeito de São Paulo, José Serra, e o governador do Estado, Geraldo Alckmin. O presidente do PSDB disse também que o anúncio do nome escolhido será feito em conjunto pelos próprios Serra e Alckmin. Jereissati insistiu na afirmação de que a escolha não será feita nem pelo partido nem por qualquer colegiado, e sim pelos dois pré-candidatos, que estaria tendo um bom entendimento sobre o assunto. A uma pergunta sobre a possibilidade de os dois sofrerem seqüelas nesse processo, Jereissati brincou: "Comprei uma pomada cicatrizante e já testei nos dois. Funciona."

Agencia Estado,

06 de março de 2006 | 17h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.