Serra e Aécio são citados em livro a ser lançado hoje

Aécio Neves e José Serra são personagens de "Daquilo que eu sei - Tancredo e a transição democrática", livro de memórias do ex-deputado e ex-ministro da Justiça Fernando Lyra, obra cujo lançamento reunirá hoje no Recife os dois governadores e presidenciáveis tucanos. Aécio é apontado, nas páginas finais do livro, como um dos políticos que simbolizam ?este momento novo, este avanço histórico que acontece sob os nossos olhos?. Já Serra é citado apenas de passagem, na introdução da obra, por conta de um discurso feito em 1964, quando presidia a União Nacional dos Estudantes (UNE), no qual protestava contra o golpe militar em andamento.

AE, Agencia Estado

16 de março de 2009 | 08h00

O discurso, transmitido pelo rádio, foi ouvido no Recife por Fernando Lyra, então ?com 25 anos e praticamente nenhuma atividade política?. Nas décadas seguintes, ele estaria na linha de frente do movimento de oposição à ditadura e exerceria papel central nas articulações que dariam a vitória a Tancredo Neves - avô de Aécio - na eleição indireta de 1985, pondo fim ao regime militar. Lyra escolheu Tancredo - a quem dá o tratamento de ?doutor? em todo o livro - como candidato já em 1983. Naquele ano, acompanhou sua posse no governo de Minas e começou a preparar terreno no PMDB e também no governista PDS, cuja divisão seria fundamental para a vitória.

A comemoração deu lugar ao desalento com a doença que impediu a posse do mineiro e o levou à morte. ?Foi o dia mais angustiante dos meus 32 anos de vida parlamentar?, disse Lyra, sobre a data em que José Sarney assumiu o governo, em meio ao temor de um retrocesso na transição democrática. Convidado por Tancredo para o Ministério da Justiça, o pernambucano acabou assumindo a pasta no governo de Sarney, com quem não tinha proximidade. Ficou apenas 11 meses no cargo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2010SerraAéciolivro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.