Serra dobra verba para promover sua gestão

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), reservou para a área de publicidade neste ano mais que o dobro dos recursos gastos em 2007. São R$ 151 milhões previstos no Orçamento para 2008 para dar visibilidade às ações do governo tucano, ante os R$ 72 milhões comprometidos no ano passado.Ou seja, um aumento de 110%, índice bastante superior ao crescimento total do Orçamento, que foi de 14%. A receita de São Paulo está estimada em R$ 96,8 bilhões para 2008.Os recursos para publicidade ainda podem aumentar, com a liberação de verbas extras ao longo do ano. Em 2007, o orçamento inicial para propaganda era de R$ 48,5 milhões. Depois das suplementações, o governo paulista fechou o ano com uma despesa que superou a previsão em mais de R$ 20 milhões.O governo Serra atribui o reforço de recursos na publicidade ao crescimento da arrecadação e a projetos novos que precisam ser divulgados. A Secretaria de Comunicação nega qualquer ligação desse aumento de verba com as eleições. Mas é certo que a ampla divulgação dos feitos do governo tucano ajudará candidatos do PSDB em muitas cidades.Educação, Agricultura e Fazenda são as secretarias com o maior orçamento para publicidade - R$ 20 milhões cada. É dinheiro para dar visibilidade a projetos que serão vitrine da gestão Serra - como a nota fiscal eletrônica, que dá desconto no pagamento de tributos, e a construção de escolas técnicas e faculdades de tecnologia, promessa de campanha do tucano. Também será usado em campanhas de utilidade pública, como a de vacinação contra a febre aftosa ou de convocação dos alunos para o exame de rendimento escolar. A saúde terá R$ 10 milhões para publicidade. O governo também vai investir pesado para mostrar realizações no popular setor de transportes. Já estão programadas para este ano propagandas sobre a compra de novos trens, a inauguração de estações de metrô e o programa de recuperação das estradas vicinais, menina-dos-olhos de Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.