Paulo Giandalia/AE
Paulo Giandalia/AE

Serra diz que PT inventou mentira sobre espera para cirurgia de catarata

"O PT montou uma mentira forte de que tinha um homem há dois anos para operar da catarata". A afirmação foi do candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, durante participação nesta sexta-feira (31/08) na série Entrevistas Estadão. 

de O Estado de S. Paulo,

31 de agosto de 2012 | 15h54

 

Um morador de Cidade Tiradentes, na zona leste, ganhou notoriedade após participar de um programa eleitoral do candidato Fernando Haddad (PT) no qual dizia esperar há dois anos por uma cirurgia de catarata na rede municipal. "O PT saiu falando pega ladrão, pega ladrão e vocês caíram nessa. Esse cidadão não tinha catarata", afirmou Serra. 

 

Ao comentar a propaganda, a pedido do Estado, a Prefeitura revelou informações sobre o paciente desde 2007, deu datas de atendimentos na rede e disse que, na verdade, ele sofre de pterígio. Serra disse que essa atitude da Prefeitura foi uma utilidade pública porque divulgou que "não era catarata". 

 

Ao falar sobre educação, o candidato do PSDB disse que a gestão do PT em São Paulo foi devastadora. 

Além disso, Serra aproveitou para destacar as qualidades da atual administração.  "O Kassab tem uma gestão na Prefeitura bem melhor que na avaliação que ele tem. A prova é que os candidatos quando falam da gestão dele mentem". 

 

Serra foi o último candidato à Prefeitura de São Paulo a participar da série Entrevistas Estadão. Antes dele, foram entrevistados Fernando Haddad (PT),  Celso Russomanno (PRB,Soninha Francine (PPS),  José Maria Eymael (PSDC), Anaí Caproni (PCO), Ana Luiza (PSTU), Miguel Manso (PPL), Paulinho da Força (PDT), Carlos Giannazi (PSOL) e Levy Fidelix (PRTB).

 

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012José Serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.