Serra diz que PSDB continuará discussões sobre CPMF

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou hoje que as conversas internas no partido em torno da aprovação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) prosseguirão, "sem dúvida". No Palácio Guanabara, no Rio, Serra reiterou que tem preferido não dar declarações sobre a questão da CPMF, que, dentro da legenda, é negociada na bancada do Senado. Apesar disso, ele disse considerar a questão da CPMF "extremamente relevante" e que os governadores da sigla tratam do assunto com a bancada tucana. "Acho que é um problema relevante", disse, ao lado do governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB), que defendeu a prorrogação da contribuição.O governador de São Paulo veio à capital fluminense para assinar um acordo de cooperação com o governo do Rio no âmbito tributário e a formalização do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) como responsável pelos estudos sobre a adoção do trem-bala entre os dois Estados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.