Serra diz que estimulará cooperativas para gerar emprego

O presidenciável tucano José Serra disse hoje que vai estimular o cooperativismo para melhorar a produção agrícola e gerar empregos. A declaração foi dada em Maringá, no Paraná, sede de uma das maiores cooperativas agroindustriais do Brasil, a Cocamar. "O cooperativismo na agricultura fortalece o pequeno produtor, melhora a qualidade da produção, facilita a comercialização e, inclusive, o crédito", disse. "Meu governo será um aliado da produção e principalmente da criação de empregos."

ROGÉRIO FISCHER, Agência Estado

21 de outubro de 2010 | 18h23

Para alavancar a geração de empregos no País, é preciso, segundo o candidato do PSDB, facilitar o cooperativismo de crédito, levar paz ao campo e dar infraestrutura a portos e aeroportos. "Maringá precisa de um aeroporto maior que permita cargueiros de grande porte, não só para a agricultura, mas também para o setor de confecções", afirmou Serra.

"O Porto de Paranaguá está congestionadíssimo por atraso em investimentos", afirmou. "Uma de minhas prioridades será a recuperação dos portos em todo o País."

Serra comentou também a crescente desvalorização do dólar, que o governo federal está tentando evitar. "Essa questão do câmbio é fruto de uma política econômica de médio e longo prazo errada. Portanto, só poderá ser corrigida por medidas de médio e longo prazo", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.