Serra diz que Ciro é o político que mais mente

O ministro da Saúde, José Serra (PSDB), tachou hoje o presidenciável Ciro Gomes, do PPS, de "o político brasileiro que diz mais mentira por centímetro quadrado". "Ele mente tanto, que mente até em questões que não tira proveito", afirmou irritado o pré-candidato do PSDB à sucessão de Fernando Henrique Cardoso. "O mentiroso é aquele que mente inutilmente e até isso ele faz". Serra fez as afirmações ao comentar uma entrevista de Ciro Gomes ao jornal Correio Brasiliense, publicada domingo, dizendo que o ministro Serra foi quem mais resistiu ao Plano Real.De acordo com Ciro, o apoio de Serra ao plano foi "tirado a fórceps" pela cúpula do partido. O ministro não fez mais comentários e não se pronunciou quanto à declaração do líder do PFL na Câmara, Inocêncio Oliveira, de que ele não daria bom candidato a vice numa chapa com o PFL porque não tem empatia com o eleitorado.Serra inaugurou, no Recife, uma nova fábrica do Laboratório Farmacêutico de Pernambuco (Lafepe) e no discurso resumiu as ações que desempenhou na pasta, ressaltando os genéricos, a campanha anti-tabagismo, a redução dos impostos sobre os remédios, a distribuição de medicamentos pelo programa Saúde da Família.Ele disse que sua missão foi a de dar otimismo a uma das áreas - a saúde - que, ao lado da segurança pública, apareciam como as mais difíceis de serem enfrentadas. "Soubemos mobilizar, aumentar o amor próprio do setor e colocar a área em movimento", disse, ressaltando que ainda há mais coisas a fazer do que foi feito. "Mas hoje é melhor do que ontem e amanhã será melhor do que hoje", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.