Serra deixa Ministério da Saúde dia 22

A primeira fase da campanha presidencial do ministro da Saúde, José Serra, termina com a demissão dele do ministério no dia 22, antevéspera da pré-convenção do PSDB que oficializará a candidatura.Mas, embora a corrida sucessória mal tenha começado, a agenda de Serra nos últimos 20 dias revela que a prioridade é o Nordeste, e não mudará.Assim que assumir a cadeira no Senado e a candidatura em tempo integral, ele investirá sobre o terreno adversário. Visitará o Maranhão da governadora Roseana Sarney (PFL).Incluir o Estado na agenda de Serra logo no início de março foi iniciativa do tesoureiro nacional do partido, deputado Sebastião Madeira (PSDB-MA), e do presidente da legenda no Estado, deputado Roberto Rocha.O convite, que também foi feito ao presidente nacional da sigla, deputado José Aníbal (SP), é para a inauguração da nova sede da agremiação em Imperatriz (MA), base eleitoral de Madeira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.