Serra dá 'voto de confiança' a Marconi Perillo em CPI do Cachoeira

Tucano diz que governador de Goiás está 'aberto a qualquer investigação'

Bruno Boghossian, do estadão.com.br

17 de abril de 2012 | 23h04

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato do PSDB à Prefeitura da capital paulista, José Serra, disse que dá um "voto de confiança" ao governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), sobre sua suposta relação com o contraventor Carlinhos Cachoeira. Serra diz que seu partido apoia a realização da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a ligação de Cachoeira com políticos.

 

"Sinceramente, eu dou meu voto de confiança ao Marconi Perillo e acho que ele está aberto a qualquer investigação que haja", disse Serra nesta terça-feira, 17.

 

Gravações da Polícia Federal levam a supor que o governo goiano nomeou pessoas ligadas a Cachoeira a pedido do contraventor. Em entrevista ao Estado, Perillo afirmou que "todos os políticos importantes de Goiás tiveram algum tipo de relação" com Cachoeira.

 

Serra também defendeu as investigações que serão realizadas pela CPI e se disse surpreso pelos fatos revelados pelas escutas telefônicas da Polícia Federal.

 

"Para saber o que vai acontecer, precisa ter bola de cristal, mesmo porque eu fiquei surpreso com isso tudo", afirmou. "É verdade aquilo que se diz: CPI você sabe como entra, mas não sabe como sai."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.