Serra critica qualidade dos gastos do governo federal

O governador de São Paulo, José Serra, criticou a qualidade dos gastos do governo federal durante seu discurso no encerramento do 3º Congresso Internacional de Derivativos e Mercado Financeiro da BM&F, em Campos do Jordão. Serra disse que não tanto pelo seu tamanho, mas por sua qualidade, os gastos federais serão uma herança pesada para a próxima gestão. Ele criticou ainda o "loteamento político" dos órgãos públicos, ressaltando que tanto no governo do Estado quanto durante sua gestão como Ministro da Saúde não havia distribuição política de cargos.Sobre a falta de planejamento, Serra chamou de populismo a incapacidade de definir o que é prioritário. "Esta é uma inércia contra a qual uma batalha precisa ser travada. É preciso olhar para o longo prazo. Planejamento é o que tem faltado no Brasil, especialmente para a administração federal", disse o governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.