Serra classifica os protestos contra o governo Michel Temer como 'mini'

Serra classifica os protestos contra o governo Michel Temer como 'mini'

Ministro disse que manifestação de verdade é a de Caracas, com 1 milhão de pessoas na rua

Fernando Nakagawa e Claudia Trevisan, Enviados especiais, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2016 | 09h16

CHINA - Os protestos contra o governo Michel Temer que ocorreram pela quinta noite seguida na sexta-feira, 02, não preocupam o ministro das Relações Exteriores, José Serra, que classifica os movimentos como "mini". 

Durante entrevista na China, Serra foi questionado sobre a continuidade das manifestações no Brasil após o impeachment de Dilma Rousseff. "Manifestações onde?", questionou Serra. "No Brasil", respondeu a jornalista. "Mini mini mini mini mini mini. Manifestação de verdade é a de Caracas, com 1 milhão de pessoas na rua protestando contra o desabastecimento, contra a falta de remédios e contra prisões políticas que existem naquele país", disse Serra. 

Questionado sobre eventual instabilidade política que poderia ser gerada pelas manifestações contra o governo Temer, Serra negou qualquer problema. "De forma nenhuma. É fruto de pequenos grupos organizados sem dúvida nenhuma. Não tem nenhum caráter de massa", comentou o ministro no lobby do hotel onde está hospedado para o G-20.

 

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaMichel Temer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.