Serra anuncia união de prefeitos para alterar PAC

O governador José Serra (PSDB) anunciou em Lins, interior de São Paulo, o lançamento de um movimento de prefeitos pela inclusão no Plano de Aceleramento do Crescimento (PAC) da isenção de tributos federais na área do saneamento. Serra disse que PIS e Cofins do setor no País somam R$ 1,3 bilhões anuais e defende que esse valor fique nos Estados e municípios para aplicação no saneamento. O governador estima que com essa isenção São Paulo poderá aplicar 54% mais em saneamento. Serra esteve em Lins para assinar o novo contrato de prestação de serviços da Sabesp com o município. Na última quinta-feira, o governador de São Paulo já havia dito que vai brigar pelo fim da cobrança de PIS e Cofins na área de saneamento. ?Neste governo, o PIS e Cofins foram aumentados de uma alíquota de 3,6% para 7,2% sobre o serviço de água e esgoto. Se o setor digital tem incentivo, nada mais justo que dá-lo para esgoto e água?, afirmou em meio a críticas ao PAC, que prevê incentivos para a TV digital e semicondutores (chips usados em aparelhos eletroeletrônicos).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.