Serra anuncia mais dez secretários e completa equipe

O governador eleito de São Paulo, José Serra (PSDB), anunciou nesta quarta-feira o nome de dez novos secretários, completando, assim, sua equipe de governo. "Todos os indicados têm aptidão para o cargo e o perfil competente é a qualidade número um do meu secretariado", destacou Serra.Apesar das indicações políticas que foram levadas em conta na composição do secretariado, Serra disse que procurou realizar uma "mistura sadia" de administradores e políticos. "Eu mesmo sou uma mistura de político e administrador", exemplificou, acrescentando que foi eleito "para governar bem um Estado que tem um peso na Federação e também muitos problemas".Os nomes anunciados nesta quarta são: o ex-ministro João Sayad, para a Secretaria da Cultura; a mestre em Administração Pública, Dilma Seli Pena, para a Secretaria de Energia e Saneamento; o engenheiro Mauro Arce, atual secretário de Energia do Estado, para a Secretaria de Transportes; o presidente do PSDB estadual, Sidney Beraldo, para a Secretaria de Administração e Gestão; o presidente da Imprensa Oficial, Hubert Alquéres, para a Secretaria de Comunicação; o vice-governador eleito, Alberto Goldman, para a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento.E também: o ex-secretário de Educação da cidade de São Paulo, José Aristodemo Pinotti, para a Secretaria do Ensino Superior; o advogado José Henrique Reis Lobo, para a Secretaria de Relações Institucionais; o ex-prefeito de Ourinhos pelo PTB Claury Santos Alves da Silva, para a Secretaria de Esportes; e, finalmente, o engenheiro civil, que instituiu os Cingapuras e os piscinões no Estado, Lair Alberto Soares Krähenbühl, para a Secretaria de Habitação.Depois de anunciar o secretariado, Serra disse que recebeu nesta quarta, no escritório de transição, a visita de representantes do Banco Mundial. Segundo ele, os diretores vieram analisar projetos na área de Saúde e de Rodovias. "Pretendemos ampliar e remodelar as estradas vicinais de São Paulo", afirmou Serra.Além disso, o governador eleito pretende obter um reajuste nos valores do financiamento para a Linha 4 do metrô (Vila Sônia-Luz) e iniciar tratativas para a Linha 5, cuja ampliação ligará o Capão Redondo à Chácara Klabin. Na área da saúde, os recursos são para conclusão de obras e reformas de hospitais, sobretudo da Santa Casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.