Serra ameaça quebrar patente de remédio contra aids

O ministro da Saúde, José Serra, anunciou que dará um prazo até junho para que a Roche reduza o preço do remédio para combate a aids que o governo compra dela. Se isso não ocorrer, o ministro garante que o Brasil irá quebrar a patente da empresa suíça e produzir o remédio no País. Segundo o ministro, a lei brasileira tem como objetivo evitar abusos de empresas na formação de preços. O ministro participa, em Genebra, da Assembléia Mundial da Saúde e defenderá, esta tarde, o acesso dos países em desenvolvimento aos remédios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.