Serra afirma que déficit pode gerar paralisações na Prefeitura

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, voltou a criticar do déficit que sua adversária, a prefeita Marta Suplicy (PT) vem acumulando. Segundo ele, a Prefeitura gasta mais do que arrecada e, apenas este ano, o déficit deverá ultrapassar R$ 1 bilhão. "Precisamos combater isso com a diminuição de custos. Caso contrário, teremos paralisações no futuro, pois a Prefeitura vem fazendo endividamentos de curto prazo com essas obras de fim de mandato", assegurou. Ele afirmou que é contra municipalização da Sabesp, conforme defende a atual prefeita. "Sou contra municipalizar a Sabesp, pois seria o mesmo que acabar com a empresa", garantiu ele, durante palestra realizada na tarde de hoje no Sindicato dos Engenheiros. Apesar da afirmativa, o candidato disse defender uma participação maior da Prefeitura na Sabesp.Muito bem-humorado, o candidato arrancou risos da platéia ao dizer que nunca havia aplicado uma injeção na sua vida, apesar de ter sido ministro da Saúde, porque passa mal. "Nunca apliquei uma injeção na vida porque eu desmaio", reiterou. No final da palestra, Serra pediu o apoio dos presentes e disse: "Vamos trabalhar juntos, vamos ganhar juntos por São Paulo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.