Serra acompanha Alckmin em agenda pública em São Paulo

Candidato à presidência em 2010, ex-governador evitou falar sobre futuro político para 'não aumentar tititi' e afirmou que assunto será tratado 'outra hora'

Daiene Cardoso, da Agência Estado

28 de março de 2011 | 15h10

O ex-governador de São Paulo e candidato pelo PSDB à sucessão presidencial em 2010, José Serra, acompanhou nesta segunda-feira, 28, o atual governador paulista, Geraldo Alckmin, em sua agenda pública. Além de participar da inauguração da Estação Butantã do Metrô, durante a manhã, Serra esteve na posse do novo presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Rogério Amato. O tucano negou qualquer "intenção política" em sua presença na agenda do atual governador e disse apenas que participou dos eventos porque foi convidado por seu sucessor. "Não tem agenda de governo", argumentou o tucano.

Durante a posse de Amato, Serra foi convidado a se posicionar ao lado dos destaques do evento e se surpreendeu ao ser convidado para discursar. "Eu?", respondeu, ao ser chamado pelo mestre de cerimônias. "Achei que o mestre de cerimônias havia se equivocado", disse à plateia. De improviso, o ex-governador elogiou a atuação da entidade e destacou que a ACSP é uma instituição que sobrevive sem recursos públicos e com a participação de membros voluntários. "É uma entidade parceira nossa, digo, de quem está na vida pública." Alckmin foi o último a falar no evento e disse que, desde domingo, 27, tem se encontrado com Serra.

"Desde ontem [domingo]. Nós tomamos um café juntos, à noite, tivemos o metrô e agora a ACSP. É uma alegria", afirmou. Na saída do evento, Serra e Alckmin foram disputados pelos participantes para tirar fotos. "O senhor ainda vai chegar lá", disse uma das presentes, ao se aproximar do tucano derrotado na última disputa presidencial.

Simpático, o ex-governador fez questão de cumprimentar todos que se aproximaram dele, mas evitou conversas prolongadas com os jornalistas sobre o seu futuro político. Segundo ele, para "não aumentar o tititi". "Eu não vou falar, nós falamos outra hora", frisou.

Tudo o que sabemos sobre:
AlckminSerraagendajuntosSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.