Wilton Júnior/Estadão
Wilton Júnior/Estadão

'Seria uma possibilidade ser candidato e concorrer com Temer', reitera Meirelles

Ministro da Fazenda volta a reafirmar intenção de concorrer à Presidência em entrevista à Jovem Pan

Fabrício de Castro, O Estado de S.Paulo

23 Fevereiro 2018 | 09h34

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reafirmou nesta manhã de sexta-feira, 23, a possibilidade de concorrer à Presidência mesmo que o presidente Michel Temer também decida se candidatar. "É direito legítimo de todos serem candidatos. Em tese, seria uma possibilidade ser candidato e concorrer com Temer", afirmou o ministro, em entrevista à rádio Jovem Pan.

Na quinta, 22, o ministro já havia afirmado ao Estadão/Broadcast que pode disputar o Planalto com Temer. Na entrevista desta sexta, no entanto, Meirelles afirmou que Temer ainda não decidiu se será candidato. "E eu também não", acrescentou.

O ministro disse preferir que haja apenas um candidato do governo ao Planalto. Segundo ele, isso vai fortalecer a defesa do prosseguimento das reformas. "Ainda não tomei a decisão se serei candidato ou continuarei na Fazenda", afirmou Meirelles em outro ponto da entrevista. Ele afirmou que tomará a decisão até 7 de abril. "Antes de decidir, continuo focado na economia do Brasil."

Meirelles afirmou que, no Ministério da Fazenda, tem tratado da economia do País. "Se me candidatar, vamos tratar do mesmo assunto dentro de uma abrangência maior", disse. "O País tem uma questão fiscal muito importante. Temos uma meta de superávit de R$ 159 bilhões para este ano", citou.

O ministro pontuou que as despesas discricionárias têm diminuído em termos reais (descontada a inflação) e que já estão nos níveis de 2009. "Isso tem permitido o crescimento da economia, pelo aumento da confiança", afirmou. "Para resolvermos o problema no longo prazo, temos que fazer a reforma da Previdência."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.