Sérgio Naya condenado a pagar indenização de R$ 4 mi

O ex-deputado Sergio Naya foi condenado a pagar uma indenização de R$ 4,32 milhões ao casal Sergio Ricardo Martins de Almeida e Helena Tenório da Veiga, e ao filho menor do casal, por decisão da juíza em exercício da 4ª Vara de Falências e Concordatas do Rio, Rosana Navega Chagas. É a maior indenização estipulada pelo desabamento do prédio Palace 2, ocorrido em fevereiro de 98. A juíza ainda determinou que a família receba, por danos morais, mais R$ 72.459,80. A empregada do casal, Dulce Moreira Coelho, também deverá receber, por danos morais, três mil salários mínimos. Para a juíza, a conduta dos réu foi "gravíssima", pois colocou em risco a vida e a integridade das famílias que moravam no edifício contruído pela empresa construtora Sersan, de propriedade de Naya. Na ação, Sergio Ricardo Martins apresentou o comprovante de quitação do imóvel e a relação dos bens perdidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.