Denis Ferreira Neto/Estadão - 2/12/2021
Denis Ferreira Neto/Estadão - 2/12/2021

Moro recorre a 'Luva de Pedreiro' ao criticar ONU por decisão favorável a Lula

O ex-ministro Sergio Moro alegou nas redes sociais que Lula não chegou a ser inocentado pelo STF ou pelo Comitê de Direitos Humanos da ONU

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2022 | 08h44

O ex-juiz Sérgio Moro evocou um meme da internet ao comentar, nesta quinta-feira, 28, a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU de considerá-lo parcial no julgamento dos processos da Operação Lava Jato. Moro usou o bordão “receba”, que ficou famoso na boca do influenciador Iran Ferreira, conhecido como “Luva de Pedreiro”. 

“Lula não foi inocentado nem pelo STF e nem por esse comitê da ONU. O Mensalão do PT existiu. Fato. A roubalheira na Petrobras também, todo mundo sabe. Então, não adianta dissimular. É como diz aquele rapaz: receba!”, disse, no Twitter. 

Fenômeno da internet, Iran Ferreira acumula mais de 13 milhões e seguidores nas redes sociais, somando Twitter e Instagram. Ele ganhou fama gravando vídeos de futebol e repetindo seus bordões: “receba”, “imparável e incansável” e “graças a Deus pai”. 

Com o tema do voto jovem em voga nas redes sociais, tem sido comum que políticos usem expressões e outras estratégias buscando se aproximar desse público. Quando ainda era pré-candidato à Presidência pelo Podemos, Moro gravou uma série de vídeos dizendo ser fã de quadrinhos, por exemplo, e chegou a publicar uma imagem fantasiado de super-herói. Recentemente, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também ganhou engajamento ao posar para uma foto com um óculos estilo “juliet”. “Pediram para dar uma rejuvenescida nas redes”, escreveu o petista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.