Sérgio Gomes é transferido para São Paulo

O empresário Sérgio Gomes da Silva ? apontado pelo Ministério Público Estadual como o mandante do assassinato do prefeito de Santo AndréCelso Daniel (PT) ? foi transferido da Cadeia de Juquitiba, na Grande São Paulo, para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pinheiros, na zona oeste da capital. A transferência pegou defesa eacusação de surpresa. Os próprios promotores de Santo André enviaram ofício ao secretário da Administração Penitenciária, Nagashi Furukawa, pedindo que Gomes seja removido para um presídio especial.?Assim como outros envolvidos nesse caso, entendemos que ele também corre risco numa cadeia comum e precisa ser protegido?, disse opromotor José Reinaldo Carneiro. A ordem de transferência, segundo o criminalista Roberto Podval, responsável pela defesa do empresário, teria partido da Secretaria da Segurança Pública. Em Juquitiba, Gomes dividia uma cela com presosespeciais ? a maioria devedores de pensões alimentícias. Gomes foi transferido para o CDP pela manhã, local onde estão acusados de tráfico de drogas, roubos e assassinatos.Podval vai requer hoje que Gomes retorne para a Cadeia de Juquitiba. Caso não seja atendido, disse que vai impetrar um mandado de segurançapara garantir a segurança do empresário. O promotor também é favorável ao retorno do acusado para Juquitiba. ?Não conseguimos entender omotivo dessa transferência, mas vamos insistir para que ele seja mantido em um local seguro?, afirmou Carneiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.