Sérgio Cabral receberá moradores da Rocinha na 6ªf

O governador Sérgio Cabral (PMDB) receberá, na sexta-feira, 28, comissão de moradores da favela da Rocinha, no Palácio Guanabara, sede do governo. Na noite de ontem, 25, um protesto na zona sul reuniu moradores das comunidades da Rocinha e do Vidigal, que foram até a casa do governador, no Leblon, onde um grupo de jovens está acampado desde a noite de sexta-feira, 21.

LUCIANA NUNES LEAL, Agência Estado

26 Junho 2013 | 11h41

Na Rocinha, a principal reivindicação é que a comunidade seja ouvida sobre as obras do PAC. No protesto de ontem, 25, faixas e cartazes rejeitavam a construção de um teleférico e pediam investimentos em saneamento. Emissários do governador também convidaram representantes do movimento Ocupe Delfim Moreira para uma reunião, mas os manifestantes disseram que ainda vão se reunir em assembleia para formar uma comissão e fechar uma pauta de reivindicações.

Os jovens conversaram ontem com os secretários de Governo, Wilson Carlos, e de Assistência Social e Direitos Humanos, Zaqueu Teixeira. "Tivemos uma conversa muito boa com os secretários, explicamos que nossa dinâmica passa por assembleias. Queremos chegar preparados ao encontro com o governador, senão vai parecer que ele está recebendo um bando de Zé Ruela", disse o universitário Bruno Cintra, de 29 anos, formado em Direito e estudante de História, um dos interlocutores do movimento.

Os manifestantes prometem continuar acampados na orla do Leblon, a poucos metros do edifício onde mora Cabral, na rua Aristides Espínola. O Ocupe Delfim Moreira entra nesta quarta-feira, 26, no sexto dia.

Mais conteúdo sobre:
CabralmoradoresRocinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.