Senadores dedicam sessão à memória de Romeu Tuma

O líder do PTB no Senado, Gim Argello (PTB-DF), entrou hoje com um pedido para que a Casa ofereça condolências à família do senador Romeu Tuma (PTB-SP), que morreu hoje, em São Paulo, e envie uma comissão de parlamentares para representá-la no funeral. A sessão de hoje, presidida pela senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), é dedicada à memória de Tuma, que estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e morreu por complicações cardíacas.

AE, Agência Estado

26 de outubro de 2010 | 15h19

De acordo com a Agência Senado, os senadores Alvaro Dias (PSDB-PR), Marco Maciel (DEM-PE) e Pedro Simon (PMDB-RS), entre outros, ocuparam a tribuna para prestar homenagens ao senador, corregedor do Senado. "Era um amigo por quem eu tinha grande admiração e respeito", afirmou Serys. O senador José Nery (PSOL-PA) lamentou a morte e desejou que a família encontre "amparo" e "conforto".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.