Senadores decidem criar CPI do Banestado

Líderes dos partidos no Senado decidiram, em reunião com o presidente da Casa, José Sarney, instalar uma CPI para investigar a remessa ilegal de dólares ao exterior pelo Banestado e outros bancos através da conta CC-5. Uma CPI similar será instalada amanhã na Câmara. A informação é do líder do PDT, senador Jefferson Peres (RO), ao sair da reunião. Ao mesmo tempo, o líder do governo no Congresso, senador Amir Lando (PMDB), ainda tentará negociar com os líderes da Câmara a criação de uma CPI mista, evitando assim que cada casa tenha sua própria comissão, o que dificultaria ainda mais os trabalhos no Congresso. Documento para a criação da CPI no Senado foi apresentado hoje à mesa da Casa pela senadora Ideli Salvati (PT-SC), que voltou atrás da decisão anterior de desistir da apresentação do documento. À tarde, o senador tucano Antero Paes de Barros (MT) também pretende apresentar requerimento com o mesmo objetivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.